Indicadores mostram que retração da economia brasileira afeta cada vez mais Santa Catarina

A crise econômica brasileira tem reflexos cada vez mais significativos em Santa Catarina, apontam os indicadores econômicos fiscais organizados e divulgados pela Secretaria de Estado da Fazenda na última edição do Boletim Indicadores Econômico-Fiscais. O cenário mostra desaceleração em todos os setores e, consequentemente, na taxa de crescimento do emprego. A confiança do empresário para o futuro também diminuiu.

O Boletim de Indicadores é elaborado pela Diretoria de Planejamento Orçamentário (DIOR/SEF). A publicação reúne as mais recentes estatísticas oficiais sobre Produto Interno Bruto (PIB), emprego, balança comercial, produção agrícola e industrial, vendas e receitas do comércio, consumo de energia elétrica, consumo aparente de cimento, vendas de óleo, inflação e câmbio. Além disso, traz as expectativas de agentes econômicos.

A taxa de crescimento do emprego em SC vem caindo desde março de 2014, mas mantém-se bem acima da taxa de crescimento, em nível nacional.

Fonte: SEF-SC

Compartilhar

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter