Leão morde mais o assalariado em 2011

Receita com o imposto retido na fonte cresceu 13% nos primeiros três meses deste ano

A arrecadação do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) sobre rendimentos do trabalho somou R$ 18,7 bilhões no primeiro trimestre de 2011, segundo a Receita. O valor é 13,02% superior, em termos reais (já descontada a inflação), ao registrado no mesmo período do ano passado.

Apenas em março, o imposto sobre rendimentos do trabalho cresceu 15,62%, para R$ 6,407 bilhões.

O salto trimestral reflete, segundo a Receita, o crescimento de 15,84% da massa salarial no país. Ou seja, o aumento é resultado dos bons indicadores do mercado de trabalho brasileiro, como alta do salário, aumento no emprego e na formalização.

A receita gerada pelo IR de pessoas físicas também teve um aumento expressivo em março, de 30,64% ante igual mês de 2010, em um total de R$ 2,641 bilhões. A Receita diz que o aumento é coincidência e que ele traduz maiores ganhos de capital com venda de bens e outras aplicações.

Arrecadação recorde

Com o bom desempenho da economia, a Receita registra alta em todas as modalidades de imposto, não apenas de pessoas físicas. A arrecadação em março alcançou R$ 70 bilhões, 10% a mais que em 2010. No trimestre, com R$ 228 bilhões, a alta foi de 11%.

Fonte: Destak Jornal

Compartilhar

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter