Unidade mãe da Sul Fabril é ofertada para venda na modalidade de melhor proposta

A juíza Quitéria Tamanini Vieira Peres, da 1ª Vara Cível de Blumenau, designou o dia 16 de março, das 12 às 19 horas, para entrega das propostas pelos interessados na aquisição (global ou parcial) da unidade mãe da Sul Fabril, avaliada em R$ 129,8 milhões. As propostas serão abertas na audiência marcada para o dia 17/3, às 14 horas. O valor refere-se à totalidade do imóvel, com máquinas, equipamentos e marca, mas existe a possibilidade de arrematação isolada dos bens da unidade, nos termos dos lotes então identificados no edital.

A modalidade de melhor proposta foi determinada pela magistrada por proporcionar melhores e mais amplas expectativas em relação à possibilidade de venda dos bens, permitindo-se, assim, que os interessados formulem suas propostas segundo as condições respectivas. A venda é necessária para a quitação de dívidas trabalhistas e satisfação de outros credores.

O primeiro lote corresponde ao total dos bens; os demais integram lotes específicos com equipamentos de maior valor (estamparia, corte e teares), bem como a marca e os imóveis que compõem o conglomerado. Porém, em caso de interesse, o comprador pode adquirir todos os imóveis para dar nova destinação, devido à sua localização privilegiada no acesso à cidade de Blumenau. Nesta situação, será feita a retirada dos equipamentos do local.

“As máquinas e equipamentos estão com manutenção permanente, de modo a assegurar seu bom funcionamento, havendo possibilidade de retomada da produção em caso de aquisição global”, explicou Quitéria. Ela ressaltou que no ano de 2014 foram realizados oito leilões, tendo sido vendidas as unidades de Rio do Sul, Gaspar e Ascurra. Esta última continuava em operação, e os trabalhadores mantiveram vínculo com a Sul Fabril até dezembro, quando foram contratados pelo arrematante.

Segundo a juíza, o débito trabalhista – considerados os já habilitados e os resultantes dos contratos recentemente rescindidos, cujo pagamento da verba rescisória se deu na proporção de 50% – soma aproximadamente R$ 42 milhões. Mais informações podem ser obtidas no site da empresa (www.sulfabril.com.br), especialmente sobre as condições da venda e características dos bens compreendidos no certame. A decisão judicial, relação de bens e avaliação também estão disponíveis na consulta ao processo (Autos n. 0015484-28.1999.8.24.0008).

Fonte: TJ-SC – Tribunal de Justiça de Santa Catarina

Compartilhar

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter