Nova CPMF é rejeitada por 54% dos brasileiros, mostra pesquisa

A maior parte dos brasileiros é contra a criação de um novo imposto para financiar a saúde, segundo pesquisa do instituto Sensus feita para a Confederação Nacional do Transporte.


De acordo com o levantamento, 53,9% dos entrevistados se mostraram contrários à CSS (Contribuição Social para a Saúde), uma espécie de “nova CPMF”. Já 37,1% se declararam a favor do imposto.


A mesma pesquisa mostrou uma piora na avaliação da saúde do país. Em maio de 2009, 28,2% consideravam que a situação da saúde melhorara – hoje, esse índice está em 23,4%. Segundo o Sensus, 52,4% dos que estão informados sobre a gripe suína acham que o Brasil tem combatido a doença de modo adequado. Em maio de 2009, esse percentual era de 61%.


A pesquisa mostrou também uma melhora na avaliação dos brasileiros sobre a situação do Brasil na crise econômica. Para 52%, o Brasil está saindo da crise. Em maio, esse índice era de 35,9%. Os números mostram que 59,4% acham que o Brasil vai sair fortalecido da crise, índice semelhante ao de maio. Para 18%, o país sairá enfraquecido. No total, 48,8% acham que o país tem lidado adequadamente com a crise econômica, contra 27,4% que acham que não.


O instituto ouviu 2.000 pessoas entre 31 de agosto e 4 de setembro. A margem de erro varia de um a três pontos percentuais.

Fonte: Folha

Compartilhar

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter