Protestos de dívidas crescem 21% em 2015, aponta relatório do SCPC

O total de protestos de dívidas em cartórios do Brasil acumulou alta de 21,3% entre janeiro e maio deste ano, se comparado ao mesmo período de 2014. Contabilizando apenas os consumidores, o crescimento é maior (26,7%). Para as empresas, a variação positiva é de 17,6%.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (9/6) pelo Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). O levantamento ainda mostra que, em maio, o valor médio sobre o total de títulos protestados foi de R$ 3.086. Para as pessoas físicas e jurídicas, os valores são de R$ 1.791 e R$ 3.944, respectivamente.

No quinto mês de 2015, os títulos protestados subiram 16,3% na comparação com o mesmo período de 2014. Em relação às pessoas físicas e jurídicas, as altas foram de 23,7% e 11,9%; respectivamente.

Se comparado a abril deste ano, o total de protestos em maio registrou aumento de 8,2%. Para consumidores, a alta foi de 5,2%; enquanto os protestos no segmento empresarial cresceram 10,3%.

Fonte: Conjur

Compartilhar

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter